Passamos por novos tempos em relação ao modelo de comercialização, a pandemia da Covid-19 acelerou o mercado online em nosso país, a venda em loja online e a prestação de serviços a distância cresceu consideravelmente e se apresentou como forma de crescimento e até mesmo de manutenção no mercado para muitas empresas.

O faturamento de lojas online cresceu 47% no 1º semestre de 2020, em comparação com o mesmo período de 2019. É a maior alta do setor em 20 anos, conforme um levantamento da Ebit/Nielsen

Essa foi impulsionada pelo crescimento dos pedidos, que foi de 39% ou seja 90,8 milhões de compras no 1º semestre do ano, a pesquisa indica ainda que 41 milhões de pessoas são consumidoras ativas do comércio eletrônico no país.

Consequentemente o número de lojas virtuais cresceu 40% em 2020 em grande parte isso se deu de fato pela pandemia mais sem dúvidas esse é um caminho sem volta.

Loja online:

Com o modelo de vendas online o custo para se ter uma loja é reduzido, torna-se mais cômodo e fácil para o cliente encontrar e comprar em contrapartida é preciso que a empresa tenha uma gestão rápida e ágil em termos de gestão de pedidos e retornos, subir produtos, atualizar informações, gerir redes sociais, blogs e demais canais.

Para isso ter as ferramentas corretas é fundamental, internet, aplicativos e ferramentas de automação e sobre tudo um bom equipamento.

Iniciar as atividades de venda online demanda sim de investimentos, menores que os necessários para uma loja física mais não menos importantes.

Em tempos de pandemia ter dinheiro para investir pode ser uma limitação, uma excelente solução para isso é buscar formas de não se descapitalizar e na área de equipamentos a Notebook pode te ajudar, você terá um excelente computador pelo processo de locação sem a necessidade de comprar se descapitalizando já no início do processo de vendas online, uma solução descomplicada e pouco burocrática que vai te ajudar.

Fale conosco e esclareça todas as suas dúvidas, aproveite e faça sua cotação.